Crescimento profissional e pessoal: Medo do ridículo

Página 13: Medo do ridículo

/pt/crescimento-profissional/e-dificil-reconhecer-que-nao-sabemos/content/

Medo do ridículo

"O valor que mais nos faz falta: o de enfrentar o ridículo" (Unamuno, El Sepulcro de Don Quijote). Esta é uma citação de Unamuno  e é que enfrentar o ridículo implica muita coisa.

Não tenha medo do ridículo

Poderíamos dizer que o problema é a falta de segurança. O ponto é que quando você se preocupa demais com o que os outros estão pensando, pode escapar oportunidades de fazer coisas que você tanto queria e que mais tarde serão as histórias mais engraçadas que você contaria para seus netos. Se você passa toda sua vida prestando atenção no que os outros pensam ou dizem, acaba por anular a sua própria vida. 

Mas se em vez desse medo de ser objeto de ridículo aprendermos a rir de nós mesmos, temos dois resultados: Em primeiro lugar, nós não estaríamos conscientes do que os outros possam pensar, e sim focados no que fazemos e para onde estamos indo e é isso o que realmente nos trás resultados. Em segundo lugar, podemos rir de nós junto com o outro, o que implicaria que fazemos parte de um grupo, se é que essa é uma preocupação.  

Em conclusão, se você estiver numa festa e não sabe dançar, mas você quer dançar, NÃO IMPORTA, DANCE! Não se deixe limitar por medo ou vergonha. Aproveite cada momento, e quando você perceber o quanto isso é bom, não faltará tempo para rir um pouco e dançar alegremente. Se de repente você tiver que enfrentar uma conversa ou ter que dar uma ideia em uma reunião, não tenha medo, encare isso como um DESAFIO!

/pt/crescimento-profissional/crise-uma-oportunidade-de-recomecar/content/