Crescimento profissional e pessoal: Tudo é uma questão de hábito...

Página 2: Tudo é uma questão de hábito...

/pt/crescimento-profissional/existe-algo-que-nao-lhe-deixa-realizar-seu-sonhos/content/

Tudo é uma questão de hábito...

Não são poucas as vezes em que nos pegamos pensando em nossa vida. Pode ser numa caminhada, esperando ser atendido ou fazendo alguma tarefa. Podemos nos perguntar por exemplo, por que há tantas coisas que queria fazer ou ser e não conseguimos? Será que a resposta não está ligada a uma coisa chamada Hábito? Mas por que hábito?

Quais são seus hábitos?

Bem, um hábito é um costume que a gente tem ou quer adquirir, por exemplo, alguém tem o habito de fumar e quer deixar, ou tem o hábito de procrastinar mas concluiu que isso está afetando diretamente sua vida. Ou ainda quer adquirir o hábito de ler mais, de estudar para poder crescer como pessoa ou talvez começar a fazer exercícios físicos etc. Se você parar para pensar, a maioria das nossas atitudes estão dentro de um habito, o importante é pensar em como manter ou adquirir apenas os hábitos bons e eliminar aqueles que nos prejudicam.

Precisamos nos acostumar com algo que nos faz benefícios e tirar os que nos prejudicam de uma forma ou de outra.

O filósofo grego Aristóteles há mais de dois mil anos atrás fez muitas perguntas sobre quem é o homem, mas ele não só questionava a parte física, estava interessado num outro aspecto, a metafísica, onde por exemplo, está o campo do nosso comportamento, ou seja, a ética. O que é ser homem, e qual é a finalidade do homem? É ser virtuoso, mas o que é a virtude? Foi com essas perguntas que o pensador criou seu belíssimo sistema filosófico. Ora, um homem virtuoso não é outra coisa que aquele que possui bons hábitos, é a soma de hábitos ou de comportamentos bons é que faz uma pessoa ser virtuosa. 

“Somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito” Aristóteles

Há uma série de afirmações sobre como adquirir um habito: por exemplo, numa delas sugerem fazer algo que você quer incluir na sua vida por 21 dias seguidos, sem parar, incluindo o sábado e o domingo e na mesma hora, gerará em você um costume, e após este tempo isso estará incorporado na sua vida. Por exemplo, imagine que você queira adquirir o hábito de ler 30 minutos por dia, nesta proposta você deverá ler por 21 dias seguidos estes 30 minutos, e depois destes dias estará mais acostumado a ler os 30 minutos sem muito esforço. Veja bem, digo esforço porque a maioria dos hábitos que queremos adquirir nos demandam trabalho, por isso eles ainda não são rotina nas nossas vidas, por outro lago, aqueles que temos e queremos deixar de ter são hábitos que adquirimos com felicidade e depois lutamos para nos livrar.

Uma outra técnica vem dos nossos irmão asiáticos. Esse povo já é conhecido e admirado por seus bons hábitos e disciplina, veja o caso dos japoneses que costumam ser pessoas extremamente aplicadas e dedicadas. Esta técnica também é baseada na repetição, mas diferentemente da anterior, aqui não é definido a quantidade de dias, você simplesmente deve fazer, fazer e fazer, o detalhe está em que não se deve estipular um tempo, por exemplo, se você quer ler 30 minutos por dia, deverá todos os dias no mesmo horário pegar o livro, mas não importa o tempo que você ficará com ele, o negócio é fazer o exercício diariamente, assim seu cérebro vai associar o ato e fará com que se torne um hábito. 

Isso nos motiva a tentar, é possível sim melhorar nossa vida com hábitos bons e saudáveis, afinal de contas somo seres em constante transformação, e depende de nós sermos melhores. Acredito que o tempo correto para começar a cultivar novos hábitos é aquele em que chegamos a conclusão de que não estamos felizes com nossa forma de ser, em qualquer momento é possível mudar para melhor, em qualquer momento podemos nos tornar mais virtuosos.

/pt/crescimento-profissional/os-varios-beneficios-de-estudar-virtualmente/content/